terça-feira, 20 de maio de 2014

Quem é vc? Onde você nasceu? Onde cresceu? Onde estudou?

Quem é você?



Nada como um dia depois do outro. O tempo faz milagres, pois nos ensina a respeitar opiniões diversas, se colocar no lugar do outro e, principalmente, ver as coisas sobre outra perspectiva. Assim, para todos aqueles que pensam que a sua cidade não é um lugar de ouro, escrevo a seguinte reflexão.

Onde você nasceu? Onde cresceu? Onde estudou? Onde você trabalha? Onde nasceram seus filhos? Onde criou os seus filhos? Onde você participa da sociedade? Onde você possui o seu lar? Onde você possui seus amigos? Onde conheceu o amor? Onde estão seus familiares queridos? Onde você produziu e deixou sua marca? Onde você se aposentou? Onde você está descansando? Onde irá ser enterrado? Pó ao pó. Se a sua resposta foi o mesmo lugar para, pelo menos, três das questões postas, é sinal que a sua identidade está interligada com essa cidade e, você já parou para pensar: quem é você? Nada mais que o somatório de suas atitudes e decisões no decorrer da vida.

Portanto, se você é o resultado de suas decisões e suas sentenças o ligam com uma cidade, pode-se dizer que você é parte do município e o município é parte de você. Consequentemente, se a sua cidade não vai bem é porque você não vai bem também. Vale lembrar o ditado: Ninguém ganha tanto que não precise de ajuda e ninguém ganha tão pouco que não possa ajudar. Você pode fazer mais por você e, fazendo isso fará mais pela sua terra. Como também pode fazer mais por sua cidade, que estará fazendo mais por si próprio. Está em nossas mãos o nosso destino. Agora repense: Quem é você?



Kleiton Rodrigues